quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Aperitivo de Edamame

Edamame aperitivo

Ingredientes
300 g de edamame na vagem
Sal
Pimenta

Preparo
Coloque as vagens na água fervendo por 30 segundos a um minuto. Tire-as da água e seque bem. Coloque-as em uma frigideira antiaderente bem quente com um fio de azeite (bem pouco para que as vagens fiquem sequinhas). Isso dá uma leve "defumada" no edamame. Tire da frigideira e tempere com sal e pimenta. Para comer, puxe os grãos e descarte a vagem.

Fonte - Receita do Back Gastrobar - Foto: Adriano Vizoni/Folhapress

Edamame cozido

Os grãos de soja verdes das vagens são colhidos antes que amadureçam. As extremidades das vagens podem ser cortadas antes de serem fervidas na água ou cozidas no vapor.
O modo de preparo mais comum usa o sal, que pode tanto ser dissolvido na água antes das vagens serem introduzidas, quanto adicionado depois do cozimento.
O edamame é servido normalmente depois de esfriar, porém também pode ser consumido ainda quente.



300g de edamame fresco ou congelado
flor de sal
pimenta do reino
azeite a gosto

Modo de Preparo:
Cozer o edamame até que as vagens subam para superfície.
Escorra toda a água e tempere o edamame com flor de sal, pimenta do reino e azeite de oliva extravirgem.
Sirva imediatamente.

Edamame com shoyu e gengibre



Ingredientes
2 colheres (sopa) de molho de soja (shoyu)
2 colheres (sopa) de vinagre de arroz
1 colher (chá) de gengibre ralado
300 g de edamame

Modo de preparo

Misture numa tigela pequena o molho de soja com o vinagre e o gengibre.
Leve uma panela com água para ferver e adicione o edamame. Cozinhe até ficar macio, então escorra e enxague com água fria.
Sirva com o molho e bom apetite!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Masoor Dahl



Ingredientes
1 cebola média
azeite q.b.
1 folha de louro
1 tomate médio
1 malagueta seca
1 chávena (300 ml) de lentilhas vermelhas sem casca
1,5 colher de sobremesa de açafrão (turmérico)
1 colher de sobremesa de garam masala 1 raminho de salsa picada (opcional)

Preparação:
Colocar as lentilhas de molho num recipiente durante 10/15 minutos.

Caramelizar a cebola e a folha de louro num tacho quente. Quando a cebola estiver alourada adicionar os tomates picados em pedaços pequenos e a malagueta picada e um pouco de água. Tapar e deixar estufar em lume brando 3 ou 4 minutos.
Escorrer as lentilhas e rejeitar as que estão a boiar (dão mau sabor). Adicionar as lentilhas ao preparado, juntar água até as cobrir e juntar o açafrão, a garam masala e a salsa picada.

Deixar cozinhar até as lentilhas estarem tenras.
Servir com arroz branco e/ou pão indiano.

Dahl (Dal, Dhal ou ainda Daal) é um ensopado ou sopa preparado a partir de leguminosas (grão-de-bico, lentilhas, ervilhas ou feijão), clássico na culinária da Índia, Nepal, Paquistão, Sri Lanka e Bangladesh. É regularmente consumido com arroz e legumes no sul da Índia, e com arroz e chapati no norte da Índia e no Paquistão. O Dahl é uma excelente fonte de proteínas.

Dahl


Ingredientes para 2 pessoas:

150g de lentilhas secas
sal q.b.
1 dente de alho
1 colher de chá de curcuma (açafrão das indias)
50g de coco ralado
100ml de água

Preparação:
Comece por fazer o leite de coco. Ao coco ralado junte a água a ferver e deixe um pouco em infusão. Depois, com a varinha mágica ou num copo misturador, bata muito bem a água com o coco até obter uma mistura cremosa, Com um passador de rede coe muito bem a mistura. Reserve o líquido e deite fora a polpa de coco. (O líquido resultante é o leite de coco caseiro que poderá usar da mesma maneira que o leite de coco que se compra em frascos ou latas.)
Entretanto leve as lentilhas a cozer em água temperada de sal e com o dente de alho até ficarem macias. Poderá, durante a cozedura ter necessidade de juntar mais água. Assim que as lentilhas estiverem cozinhadas escorra-as e volte a colocálas na panela. Junte o açafrão e um pouco do leite de coco que preparou anteriormente e triture tudo.
Leve novamente ao lume, deixando apurar e se necessário juntando um pouco mais de leite de coco. O dalh deve ficar com a consistência grossa de um puré.
Sirva com arroz basmati cozido.

Acompanhe com pão naan.

Dahl (Dal, Dhal ou ainda Daal) é um ensopado ou sopa preparado a partir de leguminosas (grão-de-bico, lentilhas, ervilhas ou feijão), clássico na culinária da Índia, Nepal, Paquistão, Sri Lanka e Bangladesh. É regularmente consumido com arroz e legumes no sul da Índia, e com arroz e chapati no norte da Índia e no Paquistão. O Dahl é uma excelente fonte de proteínas.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Muhammara: Pasta árabe de pimento vermelho



Uma deliciosa pasta de pimentões vermelhos, original do norte da Síria, mais precisamente da região de Aleppo, pode também ser encontrado no sul da Turquia, bem como em outras regiões do Oriente Médio leva outros ingredientes como o xarope de romã e nozes e farinha de pão tipo farinha de rosca. Muito boa pra ser servida como entrada com pão árabe. Pode usar o pimentão com pele ou excluir o xarope de romã, mas acho que ele dá um toque bem especial ao prato e o leve gosto de defumado pelo queimadinho na chama do fogão também faz a diferença.


Ingredientes:
3 pimentões vermelhos, 1 cebola média, 1 dente de alho, 1/3 xícara de farinha de rosca, 1 colher de sopa de xarope de romã (opcional), 3 colheres de azeite de oliva, 1/2 xícara de nozes, 1 colher de café de cominho, 1 colher de café de páprica (opcional), 1 colher de café de pimenta calabresa, 1 colher de chá de sal.


Modo de preparo:
Leve os pimentões à chama do fogão até queimar bem a pele, ficam pretinhos.
Coloque-os num saco plástico e deixe uns 15 minutos, isso faz a pele sair mais facilmente. Retire e com ajuda de uma faquinha retire a pele ou lave-os em água corrente que resolve também. Retire os cabinhos e as sementes e corte-os em pedaços.

Refogue a cebola e o alho picado em uma colher de azeite e adicione o pimentão. Refogando por uns 5 a 10 minutos. Deixe esfriar e coloque no processador ou liquidificador com as nozes e a farinha de rosca. Bata até formar uma pasta.


Adicione os temperos, o xarope de romã e o sal. Prove e adicione o azeite e se necessário mais azeite. Sirva em um prato ou tigela baixa. Pode deixar na geladeira antes de servir.

Dica: Decore com nozes e sirva com Pão(flat)

Salada com Molho de Manga



Ingredientes:
4 chávenas/xícaras chá de folhas frescas alface, rúcula e agrião higienizadas
1 manga picada
2 colheres sopa de mostarda
1 colher sopa de xarope de bordo(maple syrup)
2 colheres sopa de azeite de oliva extra virgem
Sal a gosto

Modo de preparo:
1 - Coloque as folhas numa saladeira.
2 - No liquidificador bata os ingredientes do molho e leve à geladeira. Antes de servir, acomode o tempero numa molheira.


Como fazer Molho de Piri-piri Caseiro



Um molho picante pode fazer milagres! Torne a sua refeição mais exótica!

Ingredientes
Malaguetas frescas q.b.
Azeite: q.b.
Whisky: q.b.
Folha de louro: q.b.

Preparação
Retire os pés aos bagos e esmague muito bem num almofariz. Coloque a pasta obtida dentro de um frasco e por cada dedo de altura da pasta coloque um dedo de whisky de boa qualidade. Junte ainda azeite de oliveira de baixa acidez em metade da quantidade que colocou de whisky. Pode ainda juntar uma folha de louro. Agite tudo muito bem e está pronto a consumir. Para obter um sabor mais forte e picante pode deixar a ganhar tempero no frasco por um par de meses. Não se esquecendo de agitar com alguma frequência.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Manakish Zaatar




... uma receita tradicional do Libano

Recheio:
Zaatar(tempero)
Misturar o zaatar com um pouco de azeite para poder passar com uma colher na massa.

Ingredientes de massa:
30 grs de fermento biológico para pão
1 colher sopa de açúcar(opcional)
375 ml de agua fria em temperatura ambiente
250 ml  de  azeite extra virgem
1 colher(sopa) rasa de sal
700 grs  de farinha de trigo

Preparo:
Dissolva o fermento com o açúcar.
Adicione a água, o óleo e o sal e misture bem.
Junte metade da farinha e mexa vigorosamente com colher até que a massa clareie um pouco.Ela deve ficar lisa.
Adicione mais farinha e vá amassando até que se solte das mãos sovando bem sobre a mesa.
Eu utilizo uma tábua de vidro, quando fazia em grande escala eu tinha uma pedra de marmore só para preparar salgados.
Depois de bem sovada.Não vá juntando farinha demais ela é bem maleável.
Sove bem para depois adicionar farinha, se não a massa ficará pesada.
Vá dividindo a massa em bolinhas e colocando uma ao lado da outra em superficie enfarinhada.
Depois que fizer todas as bolinhas, volte para a primeira bolinha que você fez e comece a modelar.
Abra um disco com a mão mesmo, ela é bem molinha, não precisa de rolo, coloque uma porção de recheio no centro.
No final é só assar no forno até a massa ficar morena e o zaatar seco.

A receita por Amny Alouan.(blog culinarialibanesa)

domingo, 24 de janeiro de 2016

Crepes e Panquecas coloridas



Panquecas - massa base

Crepes - Massa base

Receitas do Universo d@s Amig@s

As nossas sugestões no facebook

Para colorir a massa use beterraba, cenoura ou abóbora e brócolos/espinafre/couve/salsa:
- Cozinhe a beterraba e use a água.
- Para cada chávena de água use uma cenoura grande ou uma fatia de abóbora, 3 bouquets grandes de brócolos ou 1 molho de espinafres ou 2 folhas de couve ou 1 molho de salsa: triture no liquidificador ou faça um sumo liquido e use.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Couve-de-bruxelas com chouriço de soja



Ingredientes
750 g couve-de-bruxelas
1 cebola grande partida em rodelas finas
2 dentes de alho picados
1 chouriço de soja
1 folha de louro
azeite q.b.
sal e pimenta q.b.
2 cenouras grandes partidas

Preparação
Cozer as cenouras e as couve-de-bruxelas com um pouco de sal. Escorrer e reservar.
Numa panela juntar o azeite, os dentes de alho, a cebola e a folha de louro e deixar refogar ligeiramente.
Juntar o chouriço e deixar apurar alguns minutos. No final adicionar as cenouras e as couve-de-bruxelas e envolver.



Receita do blog A Cozinha da Sandra

Salada Tropical de Arroz


salada com arroz integral

Ingredientes:
2 cháv/xíc de arroz integral tostado e cozido
1/2 cháv/xíc de azeitonas pretas picadas
1/2 cháv/xíc de nozes
6 tomates secos
½ cháv/xíc de uvas passas
salsa picada
½ cháv/xíc de azeite
mini rúculas
sementes de sésamo tostado e sal a gosto



Modo de preparo:
1) Pique a azeitona, tomate seco e misture no arroz;
2) Tempere com sal, pimenta, azeite e salsa;
3) Acrescente as uvas passas, nozes e misture bem;
4) Por último, coloque as mini rúculas;
Sirva numa travessa e espalhe nozes por cima.;

Sabia que 100 gramas de arroz integral cozido tem 76 calorias, contra 125 calorias do arroz branco?

Arroz Colorido com Legumes



Ingredientes:
2 cháv/xíc. de arroz integral cozido
1 cenoura cortada bem fina
6 feijão-verde/vagens cortadas em tiras
1 ramo de brócolos
1 pimentão cortado bem fino
1/2 cháv/xíc de ervilhas
1/2 cháv/xíc de milho cozido
Cebolinha
sementes de sésamo/gergelim tostado
Sal e pimenta a gosto



Modo de preparo:
1) Refogue separadamente todos os ingredientes, misture no arroz, acrescente a cebolinha e o gergelim.
2) Sirva com uma salada.

Panelada de arroz integral





Ingredientes
300 g de arroz integral
1 cebola
1 folha de louro
2 cogumelos grandes
azeite extra-virgem
2 tomates maduros
200 g de ervilhas cozidas
3 c. de sopa de shoyu
água para o molho
sal marinho e pimenta a gosto

Preparação:
1 - Numa panela de pressão coloque o arroz integral, a cebola cortada em quatro e a folha de louro. Cubra com água, tempere com sal e pimenta e leve ao fogo por 25 minutos contados do começo da saída de vapor. Após esse tempo, escorra o arroz e reserve.

2 - Corte os cogumelos em pedaços e refogue-os no azeite. Tempere com sal e pimenta, junte o tomate em cubos sem pele e a ervilha cozida. Deixe curtir por 15 minutos. Dilua o molho de soja na água, despeje sobre os cogumelos e aguarde que engrosse cozinhado em fogo lento por alguns minutos.

3 - Em seguida, acrescente o arroz integral cozido reservado, misture e transfira tudo para uma travessa refratária. Leve-a ao forno a 200 ºC, por cerca de 10 minuto. Retire do forno e sirva imediatamente.

Queijo de Mandioca



Ingredientes
3 colheres (sopa) de pure de mandioquinha
1 chávena/xícara de polvilho doce
1/2 chávena/xícara de polvilho azedo
3 colheres de creme vegetal, ou óleo, ou azeite.
1 colher (café) sal
1/2 limão


Preparação
Junte todos os ingredientes. Amasse com as pontas dos dedos até formar uma massa homogénia. Coloque a massa num recepiente do formato que desejar (redondo, oval) untado com oleo. Leve a geladeira por mais ou menos 2 horas. Na hora de consumir, corte as fatias e leve a uma frigideira ante aderente para dourar e cozinhar os polvilhos.
Sugestão colocar em uma fatia de pão, por cima por tomates fatiados, oregano, cobrir com outra fatia de pão e levar para uma sanduicheira elétrica (pode ser aquele tostex) para aquecer e dourar o pão.

Dicas
Esta receita pode ser adaptada para queijo cremoso, basta adicionar mais puré de mandioquinha e gordura até que de a consistência desejada.
Uma dica é usar a máquina de pão ou batedeira para homogenizar a massa. Quanto mais bater mais lisa a massa e mais com cara de queijo fica.


Receita de Vida Operária

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Capricho de Ameixas e Maçãs



Ingredientes:
- 2 colheres de sopa de Agar-agar
- 150 g de ameixas secas sem caroço
- 5 maçãs tipo golden
- Sumo de meio limão

Preparação:
Em primeiro lugar, colocam-se as ameixas secas num recipiente com água a cobrir; depois junta-se o Agar-agar. Entretanto, pelam-se e cortam-se as maçãs em pedaços. Põem-se numa panela cobrindo-as com água até metade do seu volume, cozendo-as juntas com as ameixas que estavam na água (esta operação demora 8 minutos). Mais tarde, passam-se com a batedeira até obter um creme suave e fino. Deita-se o conteúdo numa forma estreita, molhada previamente. Deixar arrefecer e guardar no frigorífico até ao seu consumo.
Desenformar e servir fresco, decorado com umas pequenas lâminas de maçã verde, que previamente foram submersas em sumo de limão, para evitar a sua oxidação. Umas folhas de menta fresca também nos darão um contraste de cor e um agradável aroma.

Creme com ervas frescas



Ingredientes:
- 750ml de água
- 1 Dente de alho
- 2 Cebolas médias
- 1 Batata doce média
- 1 Colher de chá de sal marinho
- 2 Colheres de Sopa de Azeite Bio
- 200g de ervas frescas
- 30g de Salsa Bio
- 30g Manjericão Bio

Modo de Preparação:
1. Descascar o Alho, as Cebolas e a Batata. Cortá-los em pedaços.
2. Ferver a Água.
3. Adicionar os Ingredientes cortados à água.
4. Adicionar o Sal.
5. Deixar cozer em lume máximo, por 15 minutos.
6. Retirar do lume e adicionar o Azeite.
7. Passar a Sopa com a Varinha Mágica.
8. Picar as ervas frescas e adicioná-las à Sopa.

Bolonhesa de Seitan



Ingredientes:
200g de Esparguete Integral Bio
500g de Seitan picado
2 Dentes de Alho
2 Cebolas
200ml de Polpa de Tomate
2 Colheres de Sopa de Azeite Bio
Tofu natural bio ralado q.b.
Sal a gosto
1 folha de louro bio

Modo de Preparação:
1. Cozer o esparguete com um pouco de sal e azeite, durante 7 minutos (panela de pressão) e depois escorrer.
2. Fazer o molho de tomate: refogar a cebola com o alho, o azeite e o louro.
Juntar a polpa de tomate e um pouco de água e deixar cozer. Passar com a Varinha Mágica.
3. Refogar o seitan picado com cebola, alho e azeite. Temperar com um pouco de molho de tomate. Reservar o restante.
4. Num tabuleiro de ir ao forno, dispor pela seguinte ordem os Ingredientes: esparguete, molho de tomate, seitan picado e o restante molho de tomate.
5. Polvilhar com tofu ralado e levar ao forno a gratinar.

Sopa de Feijão e Legumes

Receitas Regionais Portuguesas
Receitas tradicionais portuguesas, originais ou numa versão vegana
Receita Tradicional do








Ingredientes para 4 pessoas

- 250 g de feijão branco seco
- 1 colher (sopa) de azeite
- 2 cebolas picadas finamente
- 4 dentes de alho picados finamente
- alho francês às rodelas
- 2 cenouras cortadas em rodelas finas
- 1,2 l de água
- 1/4 colher (sopa) de tomilho seco
- 1/4 colher (sopa) de orégãos secos
- 1 folha de louro
- 125 g de couve portuguesa ou espinafres cortados em tiras finas
- sal q.b.

Preparação

Demolhar o feijão num grande volume de água durante 6 horas ou de um dia para o outro. Lavar antes o feijão e depois usar a mesma água em que esteve demolhado para cozinhar. Escorrer o feijão e colocá-lo num tacho. Cobrir com água e levar a ferver. Deixar borbulhar por 10 minutos. Escorrer, lavar sob água fria corrente e escorrer de novo. Reservar.

Aquecer o azeite num tacho grande. Refogar as cebolas picadas por 3-4 minutos, mexendo de vez em quando. Juntar os alhos picados, as rodelas de alho francês e as rodelas de cenoura. Refogar por mais 2 minutos.

Adicionar a água, o feijão, o tomilho, os orégãos e a folha de louro. Levar a ferver e baixar o lume. Cobrir e cozinhar em lume brando por 1h15, ou até o feijão ficar macio. Temperar com sal.

Desligar o lume e deixar amornar ligeiramente. Remover a folha de louro. Retirar o equivalente de 2 chávenas de chá (250 ml) e transferir para o copo do liquidificador ou da varinha mágica. Triturar até obter um creme e voltar a colocar este na sopa. Envolver.

Colocar novamente a sopa ao lume. Juntar as verduras e cozinhar por mais 10-15 minutos ou até estas se apresentarem cozidas. Retificar os temperos e distribuir a sopa por pratos fundos ou tigelas. Servir de seguida.






Seitan com molho de tomate Spicy

DSCF5894
A foto é de uma receita da Anita e dos Jardim dos Sentidos, mas não corresponde à receita.

Ingredientes:
Seitan (250gr)
shoyu (molho de soja)
gengibre (em pó)
malaguetas vermelhas
1 kg tomates bem maduros
2 cebolas
2 dentes de alho
azeite bio
paprika e cominho em pó (1 colher de sopa)
Massa integral (spaghetti, fusili…). Pode ser de quinoa, espelta, sem glúten…perceba a sua necessidade e curiosidade! Escolha-a de acordo com o que pretende.

Preparar o seitan:

Cortar o seitan em cubos pequenos ou tiras finas, como preferir. Marinar o seitan com ingredientes básicos como: gengibre em pó, molho de soja, limão. Sempre que preparar o seitan, mariná-lo é a melhor maneira de obter um bom sabor. O seitan absorve bem os temperos por causa da sua consistência fibrosa.

Preparar o molho:

A preparação do molho é bem simples e o pretendido aqui, além do sabor, é uma boa consistência, obtida através do tempo certo de cozedura. Os molhos, em geral à base de tomate, precisam de ser bem cozinhados, no mínimo por 30 minutos.

Numa panela colocar azeite, cebola picada, alho, malagueta e gengibre, até libertarem bastante aroma. Mexa sem deixar tostar, apenas para perderem água. Adicionar os tomates também picados e os restantes condimentos. Numa outra panela, pode fritar o seitan, de preferência sem muito azeite. Se começar a colar ao fundo da panela, acrescente fios de água, até que o seitan fique com uma cor mais dourada. O último passo é juntar o seitan ao molho que está a cozinhar, durante pelo menos 10 a 15 minutos. Terminar unindo todos os ingredientes.

Claro que estes ingredientes podem sempre ser alterados. É importante seguir a nossa intuição e tentar melhorar receita ou pôr um pouco da nossa personalidade no prato que vamos servir.

A massa:

A consistência da massa é fundamental. Geralmente as massas integrais, de cereais, de algas ou sem glúten, têm uma consistência mais firme que as outras. São, naturalmente, mais “al dente”. Se preferir bem cozida, é só deixar na panela mais tempo que o normal. É importante lembrar que na cozedura das massas, o sal de boa qualidade e o fio de azeite vão ser responsáveis por dar-lhe sabor e torná-la perfeita. Termino esta massa acrescentando coentros ao molho e à cobertura.



Receita do blog Voltar à Terra da actriz Anabela Teixeira