segunda-feira, 29 de maio de 2017

Fumo líquido ou produtos fumados. Sim ou não?


Sugestão para substituir o fumo líquido ou o sabor fumado:

-3 colheres (sopa) de óleo de sementes de sésamo/gergelim tostado
-1 colher (sopa) de molho shoyu
-3 colheres (sopa) de azeite
-1 colher (sopa) de vinagre 1 pitada de sal
-1 pitada de pimenta calabresa em pó ou páprica picante (opcional)

Deixe o alimento marinar nesta mistura de um dia para o outro no frigorifico e utilize normalmente na sua receita.


O Fumo Líquido é produzido pela condensação de fumo e vapores obtidos pela queima da madeira. Proporciona sabor, aroma e cor de defumado ao alimento e é utilizado em produtos e pratos vegetarianos.

Entretanto, conforme alerta a filósofa Sônia T. Felipe, o fumo líquido não pode ser considerada um produto vegano, já que foi testada em animais. O nome do teste é LD50, e após a tortura da experimentação, todos os animais que sobrevivem são mortos.
Além disto, o produto é altamente cancerígeno, segundo T. Collin Campbell em seu livro Whole: rethinking the Science of Nutrition.

Existem alguns alimentos defumados de origem vegetal/mineral: pimenta chipotle, páprica defumada, sal defumado, chá preto defumado, tofu defumado e amêndoas defumadas, alimentos que, em princípio, passam por processo de defumação natural, com madeiras nobres ou carvão.
Apesar de não haver muita informação disponível sobre os malefícios à saúde destes alimentos em específico, é importante esclarecer que na fumaça de carvão há dois componentes cancerígenos: o alcatrão e o hidrocarboneto policíclico aromático (presentes também no fumo do cigarro) , que impregnam o alimento durante a defumação. Portanto, mesmo que o produto seja naturalmente defumado, ele ainda será 'potencialmente cancerígeno'.

domingo, 12 de março de 2017

Arroz tufado


Ingredientes:
1 Chávena de Arroz
3 a 4 Chávenas de Água
1 pitada de Sal
Óleo, para fritar

Preparação:
Coza o arroz, com uma pitada de sal, durante 20 a 22 minutos. Não estranhe a quantidade de água. Deve-se cozer o arroz em água abundante para que este não cole.
Depois de cozido, escorra, e depois espalhe-o no tabuleiro do forno, previamente forrado com papel vegetal. Espalhe muito bem, separando o mais possível os grãos de arroz, de forma a facilitar o processo de secagem.
Leve ao forno, a 100ºC, por cerca de 3 horas, até que o arroz esteja completamente seco e sem vestígios de humidade. Durante este tempo, deve ir mexendo o arroz para que este se solte e para que seque de forma uniforme.
Quando estiver completamente seco, retire do forno, e com as mãos separe todos os grãos de arroz, esfregando os grãos entre a palma da mão.
Aqueça óleo numa frigideira wok, ou outra que seja funda, e quando estiver bem quente frite pequenas porções de arroz. Para este processo o recomendável é usar um passador de rede, e colocar um pouco de arroz lá dentro e depois mergulhar no óleo bem quente. Deixe fritar alguns segundos, só até que todos os grãos estejam tufados (é mesmo só alguns segundos!). Retire o passador, sacuda-o bem mas com cuidado para retirar o excesso de óleo, e coloque o arroz num tabuleiro forrado com papel de cozinha.
Repita a operação até acabar o arroz.
Fácil não é?!

Agora é só deliciar-se com estas pipocas de arroz bem estaladiças!

Se não consumir de imediato, reserve num recipiente hermeticamente fechado.

Vejam este vídeo, vai ajudar a perceber melhor o processo de fritura: https://www.youtube.com/watch?v=Wit-BIolQCk


Sem cozer o arroz: simples...
https://youtu.be/Oz6eTYJkdYA

*** Pode fazer com outro cereal.

Fonte: Intrusa na Cozinha

terça-feira, 7 de março de 2017

Maionese de couve-flôr


Ingredientes

300 gramas de couve-flor cozida (cerca de 3 chávenas/xícaras ou uma unidade pequena)
1/3 de chávena/xícara (de chá) de azeite
1 colher (de sopa) de sumo/suco de limão
1 dente de alho pequeno
Sal a gosto
Pimenta a gosto


Modo de preparo

Antes de tudo, corte a couve-flor em pedaços menores e cozinhe até ficar bem macia, quase desmanchando. E escorra toda a água.
Em um liquidificador, coloque a couve-flor cozida, o azeite, o sumo/suco de limão, o dente de alho e tempere com sal e pimenta moída a gosto.
Bata bem, até obter uma mistura bem uniforme.
Está pronto!

Receita do Presunto Vegetariano/


sábado, 4 de março de 2017

"Cordon Bleu" com Pleurotus


Ingredientes
6 "filetes" de pleurotus
q.b. sal; pimenta de moinho e alho picado
1 alho francês
2 cenouras
azeite
2 courgettes
1 beringela
queijo vegetal fatiado
Farinha para panar
água de demolhar linhaça
Pão ralado para panar
Meio limão

Preparação
Ligue o forno e regule-o para os 200 °C.

Prepare e tempere os cogumelos com sal, pimenta e alho.

Corte o alho francês em rodelas e lave em água corrente. Pele as cenouras e corte em Juliana.

Num pouco de azeite, coloque o alho francês e a cenoura, tape e deixe cozinhar sobre lume brando. Entretanto lave a beringela, corte-a em cubos pequenos e salpique com sal. Lave as courgettes, apare-lhes as extremidades e corte-as como a beringela. Junte a courgette e a beringela, depois de passada por água fria corrente e seca, aos outros legumes. Retifique os temperos e deixe suar tapado durante cerca de 10 minutos.

Coloque fatias de queijo sobre os cogumelos e deitei por cima os vegetais.

Prenda com um palito em cada extremidade e passe-os por farinha, em seguida pela água da linhaça e depois por pão ralado. Coloque os filetes lado a lado num tabuleiro untado e regue-os com um pouco de azeite. Leve ao forno até que os cogumelos estejam "corados" e o queijo derretido.

Adicione o sumo de limão ao molho. Pode juntar salsa ou outra aromática a gosto.

Sirva os filetes salpicados com o molho e acompanhe com arroz ou puré.


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Cenouras à Algarvia



2 cenouras (300 g), cortadas em rodelas
Água
3 dentes de alho
1 ramo de coentros ou salsa
2 c. sopa de vinagre
2 c. sopa de azeite
Sal e pimenta preta moída na hora q.b.

Coza a cenoura, de preferência a vapor.
Pique o alho, as ervas frescas, misture com o vinagre e o azeite e tempere com sal e pimenta.
Envolva com a cenoura e deixe tapado no frigorífico a marinar de um dia para o outro.

※ thermomix_bimby

Coloque 500 g de água no copo, a Varoma com as cenouras e programe 30 min/Varoma/vel 1. Retire e reserve.
Coloque no copo vazio o alho, as ervas frescas, o vinagre, o azeite, sal e pimenta e pique 3 seg/vel 5-7.
Misture tudo e deixe tapado no frigorífico a marinar de um dia para o ou


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Seitan assado com Vinho do Porto

seitan-assado

Ingredientes

1 kg de seitan
Sumo de 2 laranjas
Sumo de 1 limão
6 dentes de alho esmagados
1 colher de sopa de colorau
4 folhas de louro
1 colher de chá de gengibre ralado
2 cebolas fatiadas
200 ml de vinho do Porto
100 ml de shoyu
1 pitada de noz-moscada
1/4 molho de salsa
100 ml de azeite
sal q.b.

Preparação
Misture todos os ingredientes(excepto o azeite e o sal). Com um garfo faça vários furos no seitan, regue com a mistura e deixe marinar de véspera. 
No dia seguinte...
Coloque num tabuleiro, regue com a marinada. Verifique os temperos. Leve ao forno pré-aquecido a 230°C, 30 minutos. Regue com o azeite e asse até dourar. 
Sirva com legumes ao vapor.

sábado, 24 de setembro de 2016

Cream cheese de amêndoas



1 xícara de amêndoas inteiras
1 colher de sopa de suco de limão
3 colheres de sopa, mais 1 / 4 xícara de azeite extra virgem
1 colher de chá de alho picado
1 colher de chá de sal marinho
1 colher de sopa de folhas frescas de tomilho
1 colher de chá de folhas frescas de alecrim

Coloque as amêndoas em uma tigela e cubra com água fria.. Deixe de molho 24 horas.

Escorra a água e enxague as amêndoas em água corrente fria.

Processe as amêndoas com o suco de limão, 3 colheres de sopa de azeite, alho, sal e 1/2 xícara de água fria, por 6 minutos, (deve ficar suave e cremosa)

Coe e coloque em um pano, torcendo bem para extrair a umidade.

Prenda com elástico e deixe descansar por 12 horas. Descarte o líquido.

alimentosaudeinfantil