Lactantes VEGetariANAS

Cuidados especiais para lactantes vegetarianas

As mães vegetarianas devem ser orientadas para alguns cuidados especiais com a sua alimentação de modo a satisfazer as suas necessidades nutricionais e as do bebé.

As lactantes vegetarianas devem ter uma atenção especial ao seu aporte de vitaminas B2, B12 e D, Cálcio, Ferro, Zinco e ácidos gordos essenciais do tipo Ómega 3. É recomendável avaliar a necessidades de suplementação das vitaminas B2, B12 e D (esta última somente em mulheres com pouca exposição ao sol).

Convém ter em atenção que o leite materno é pobre em vitamina D, pelo que o bebé deve tomar um suplemento desta vitamina, pelo menos nos dois primeiros anos de vida. Assegurar que a criança apanha sol regularmente fornece-lhe também algumas quantidades de vitamina D (embora geralmente não o suficiente). A falta desta vitamina provoca o raquitismo.

Relativamente ao Ferro, sabe-se que as mulheres vegetarianas não possuem maior risco de sofrerem da deficiência deste mineral do que as não vegetarianas. Além disso, durante o período da lactação as necessidades de Ferro por parte das mulheres estão diminuídas. No entanto, convém avaliar individualmente a necessidade de suplementação de Ferro uma vez que as reservas da mãe podem estar baixas após a gravidez e o parto.

No caso do Ómega 3, a suplementação com o ácido alfa-linolénico (ALA), de fonte vegetal, parece não reflectir num aumento dos níveis de ácido docosahexaenoico (DHA), necessário ao desenvolvimento da retina e do sistema nervoso central do lactente. A suplementação com DHA poderá ser uma alternativa.

Segue uma lista com as principais fontes alimentares vegetais destes nutrientes, para facilitar a orientação acerca das escolhas alimentares das lactantes vegetarianas:

  • Vitamina B2 - cereais integrais (pão, arroz, massas, bolachas, cereais integrais de pequeno-almoço, etc), cogumelos e algumas hortícolas de folha verde (couves, espargos, chicória, espinafre e grelos);
  • Vitamina B12 - alguns leites vegetais e alguns cereais integrais de pequeno-almoço são enriquecidos com vitaminai B12;
  • Vitamina D - alguns produtos, como cremes vegetais para barrar, óleos vegetais e cereais integrais de pequeno-almoço, são enriquecidos com vitamina D;
  • Cálcio - produtos à base de soja (leite enriquecido com Cálcio e tofu), hortícolas, como o agrião, os brócolos, a couve galega, a couve lombarda, a couve branca, a couve portuguesa, a couve roxa e os grelos, e as amêndoas;
  • Zinco - cereais integrais (pão, arroz, massas, bolachas, cereais de pequeno-almoço, etc), leguminosas (feijões e grão) e frutos oleaginosos (amêndoas, cajus, nozes e pinhões);
  • Ferro - hortícolas de folhas verde escuras, como o agrião, os brócolos, a couve portuguesa e os espinafres, e leguminosas, que devem ser consumidas com uma fonte de vitamina C (laranja, kiwi, lima ou limão) para aumentar a absorção.

Conversar com o seu nutricionista acerca da necessidade de suplementação.

Sem comentários: