sexta-feira, 25 de março de 2016

Como conservar Tomates



Deve-se cortar o tomate na vertical quando se quer servir cru de forma a manter melhor a sua forma ( mesmo que eu admito que nunca faço isso ).
Quanto mais maduro o tomate mais açúcar ele tem, logo para saladas e outras preparações a cru é preferível tomates bem maduros.
Para cortar um pouco da acidez de um tomate cru, põe um pouco de sal em cima.
Ao cozinhar o tomate perde a sua acidez natural e torna-se mais adocicado, no entanto se tiveres pressa podes sempre adicionar um pouco de açúcar para contrabalançar a acidez.
Uma forma rápida de pelar um tomate é deitar este em água a ferver por uns segundos, vais ver que a pele salta num instante, podes também assar ou queimar a pele perto de uma chama ou brasas para sair.
Ao assar tomates é preferível untar estes num óleo, isso vai permitir eles manterem mais a sua forma ( por exemplo se fores fazer tomates recheados no forno ).
Tomate demora mais ou menos 10 minutos a cozinhar em lume médio, logo ao fazer um molho de tomate tempera este só no fim de forma a não ficar demasiado salgado.
Podes conservar durante um par de dias tomates crus já descascados mergulhando em água dentro do frigorífico.

Polpa ou Sumo de tomate pode ser bem conservada se esta for bem fervida com açúcar e guardado em frascos esterilizados de vidro.
Podes sempre aproveitar tomates para fazer uma bela compota de tomate ( é a minha favorita de longe


Como Congelar Tomates

Tomates são um daqueles frutos (mesmo que culináriamente falando é considerado um vegetal) que é incrivelmente versátil, podes usar em saladas, molhos, doces, bolos, pode ser comido cozinhado ou crú, é fantástico o que se pode fazer com um tomate.

Por isso mesmo o tomate é vendido em diversas formas e formatos, desde em latas, pulverizado em molhos, seco, etc mas nada bate um tomate fresco, no entanto por vezes temos demasiado tomates ou preferimos a qualidade e frescura de um tomate fresco, então de que forma é que podemos conservar o tomate no congelador e será que é indicado conservar no congelador?
SIM! Não existe problema nenhum, no entanto é bom seguir umas boas regras para congelar corretamente tomates.

Tomates não podem/devem ser guardados com a casca, dai que é importante pelar os tomates, podes fazer isso de diversas maneiras inclusive usar uma faca e descascar, mas a forma mais rápidas especialmente se tiveres vários tomates é….

tirar-a-pele-de-um-tomate
Como Pelar Tomates
Primeiro olha para o tomate e descobre a cabeça (onde estava ligada a rama), agora vira ao contrário e faz um corte em cruz na pele, não queres um corte profundo só o suficiente para penetrar na pele.
Agora arranja duas tigelas grandes, uma vazia e outra com água com cubos de gelo, aquece água à parte.
Depois põe o tomate numa tigela e deita água a escaldar por cima até cobrir o tomate, espera uns 5 a 10 segundos (dependendo do tamanho do tomate), retira este com umas pinças ou colher e põe na água com o gelo, repete o processo com todos os tomates.
Vais ver que ao sair da água gelada que a pele do tomate sai sem problemas.

Como Preparar os Tomates
Agora escolhe como queres guardar os tomates, ao irem ao congelador eles vão ficar sempre mais moles (especialmente por causa do processo de congelação/descongelação), por isso tomates congelados só devem depois ser usados para cozinhados.

De qualquer forma podes guardar estes de várias formas:

Inteiros Pelados – Ideal para cozinhados rústicos com grandes pedaços de tomates, também é a forma mais rápida de preparar, guarda dentro de sacos de congelação com selo ou em caixas de plástico.
Triturado – Bom para molhos rústicos, também é rápido de preparar, só meter numa trituradora e já está, guarda dentro de caixas de plástico.
Sumo de Tomate – Põe os tomates numa máquina de fazer sumo (é preferível pelar mesmo não sendo preciso, porque a pele do tomate tem tendência a não passar bem por máquinas de sumo), bom para quando queres molhos mais delicados ou para acrescentar em sumos, guarda dentro de caixas de plástico.
Metades Limpos – Algumas pessoas e receitas pedem tomates sem grainhas, para isso corta o tomate pelado em dois e usa uma colher para raspar o interior liquido e as grainhas, guarda dentro de sacos de congelação com selo ou em caixas de plástico.
Cubos Limpos – Fazes como em cima tirando as grainhas e depois cortas em cubos, bom para praticamente todo o tipo de cozinhados com tomate, guarda dentro de sacos de congelação com selo ou em caixas de plástico.
Triturado Limpo – Depois de limpar de grainhas tritura, para um molho de tomate suave, guarda dentro de caixas de plástico.

Bandeja de gelo molho de tomate
Faça o seu próprio molho de tomate [clique aqui] e congele para futuras receitas.

Notas e Dicas
Nunca deves temperar os tomates, primeiro porque não sabes onde e para que vais usar esses tomates e também porque temperos com a congelação podem perder o seu sabor ou o seu sabor pode intensificar, por isso não vale a pena.

Usa caixas e sacos de congelação, esses garantem a qualidade e frescura, claro que podes usar qualquer saco, mas existem vantagens em usar os produtos especialmente feitos para o efeito.
Como a maioria dos vegetais congelados, estes nunca devem ser descongelados e voltados a congelar e devem ser consumidos num prazo máximo de 8 meses para terem a máxima qualidade, por isso não te esqueças de pôr as datas quando fores a congelar.

Não deixes tomates no frigorífico! Estes perdem muito do seu aroma quando refrigerados, não tem tempo para maturar e desenvolver o seu sabor, quando acharem que os tomates podem estar perto de ficar estragados, segue as indicações em cima e congela.
Quando guardares tomates cá fora põe estes com o caule virado para baixo, isto faz com que durem mais tempo (provavelmente porque o caule é o único ponto de entrada de ar e como tal o tomate está menos exposto ao ar).

Fonte blog iguaria

Sem comentários: